PF deflagra operação Firearms para combater tráfico internacional de armas

0
Policiais federais prendem foragidos por tráfico internacional de armas e munições em cinco estados e no DF

APolícia Federal deflagrou nesta terça-feira (21/3) a Operação Firearms, com o objetivo de cumprir mandados de prisão decorrentes de decisões judiciais condenatórias por crimes relacionados ao tráfico internacional de armas e munições em todo o país.

Policiais federais foram às ruas para cumprir 20 mandados de prisão que estavam em aberto. Até o momento, 11 pessoas foram presas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além do Distrito Federal.

Dentre os mandados cumpridos no âmbito da Operação Firearms está o de prisão de um indivíduo denunciado pelo Ministério Público Federal no Rio de Janeiro por tráfico internacional de armas. A acusação é resultado de investigação iniciada pela Polícia Federal a partir da apreensão, no dia 1 de junho de 2017, de 60 fuzis no Aeroporto Internacional do Galeão, oriundos de Miami (EUA).

Durante o cumprimento das ordens judiciais foram realizados dois flagrantes pelo crime de posse ilegal de arma e apreendidas 14 armas de fogo e munições de diferentes calibres.  Os presos foram apresentados ao Poder Judiciário e conduzidos ao sistema prisional.

As investigações para localização e prisão dos procurados foram coordenadas pela Força-Tarefa Internacional de Combate ao Tráfico de Armas e Munições (FICTA) – supervisionada pela Polícia Federal, composta por integrantes da Secretaria Nacional de Segurança Pública e da Agência de Investigações de Segurança Interna (Homeland Security Investigations) da Embaixada dos Estados Unidos.

Os presos cumprirão as respectivas penas que variam de quatro a 16 anos pelos crimes de tráfico internacional de armas e comércio ilegal de armas de fogo.

 

Fonte: PF – Coordenação-Geral de Comunicação Social

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui