Semana será de frio intenso e nebulosidade no Rio Grande do Sul

Temperaturas podem ficar 5ºC abaixo da média para o período, alcançando marcas negativas em algumas cidades

0
Frio intenso foi causado pelo reforço de ar polar - Agência Brasil

Brasil de Fato – A segunda semana de julho será marcada por temperaturas baixas no Rio Grande do Sul, com vários dias de muita nebulosidade, chuva e garoa no Norte e no Nordeste do estado. A previsão é da Metsul Meteorologia. O frio intenso é causado pelo reforço de ar polar que chega ao Uruguai e em parte do estado neste começo de semana.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também emitiu alerta de onda de frio para o Rio Grande do Sul, com temperaturas que podem ficar 5ºC abaixo da média para o período. O aviso salienta o risco à saúde e é válido até quarta-feira (10).

De acordo com a Metsul, o reforço de ar polar será maior na metade sul gaúcha. Segundo empresa, a região vai experimentar uma semana extremamente fria. Oeste, fronteira com o Uruguai, Serra do Sudeste e Sul enfrentarão as menores mínimas, com marcas negativas.

“A semana inteira será muito fria no Rio Grande do Sul com o prosseguimento da onda de frio que se iniciou no estado no final de junho e que vai prosseguir até o meio deste mês. Todos os dias da semana, sem exceção, serão de temperatura baixa a muito baixa”, afirma.

 

Como será a semana

Na terça-feira, o sol aparece com nuvens na maioria das regiões, especialmente no Oeste, no Centro e no Sul que terão tempo mais aberto. No Norte e no Nordeste do Rio Grande do Sul, a nebulosidade volta a aumentar e pode chover em vários municípios no final da tarde e à noite. O dia trará frio extremo entre a Campanha e a Serra do Sudeste, onde alguns locais podem anotar marcas tão baixas quanto -5ºC a -7ºC.

Na quarta-feira, por sua vez, chove entre a madrugada e de manhã em setores do Norte e do Nordeste do estado, como na Serra, Grande Porto Alegre e no Litoral Norte, mas da tarde para a noite a instabilidade se afasta para o mar. Nas demais regiões, sol e nuvens com momentos de maior nebulosidade no decorrer do dia.

A quarta-feira começa novamente fria, mas com mínimas mais altas do que na véspera. A fronteira com o Uruguai, em particular a área de Quaraí, deve ter as menores mínimas, pouco abaixo de zero. A tarde torna a ser fria em grande parte do Rio Grande do Sul.

Na quinta-feira, o sol aparece com nuvens em diversas regiões com tempo mais aberto no Oeste, no Centro e no Sul gaúcho. Áreas de instabilidade voltam a avançar de Santa Catarina para a Metade Norte gaúcha com aumento de nebulosidade e pode chover no Norte e no Nordeste do estado com instabilidade na segunda metade do dia entre Porto Alegre, a Serra e o Litoral Norte.

A quinta será outro dia frio no território gaúcho com marcas baixas em todos os turnos, mas as menores mínimas seguem ocorrendo no Oeste e no Sul com marcas em torno ou pouco abaixo de 0ºC na fronteira com o Uruguai, especialmente entre Quaraí e Santana do Livramento.

Na sexta-feira, o dia tem maior nebulosidade entre a Serra, a Grande Porto Alegre e o Litoral Norte, com chance de chuva e garoa principalmente no começo do dia. Nas outras áreas do estado, o sol aparece com nuvens na maioria das localidades. Segue fazendo muito frio no Rio Grande do Sul e as menores mínimas ocorrem no Oeste, Centro e Sul do estado, onde o frio volta a se reforçar com um amanhecer mais gelado de mínimas abaixo de zero em diversas localidades. Alguns pontos podem anotar entre -2ºC e -5ºC com formação de geada, localmente forte.

*Com informações da MetSul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui