‘Façam a paz, idiotas!’: ex-assessor do Pentágono pede a Biden para cortar os gastos na Ucrânia

O governo do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, deveria cortar a ajuda à Ucrânia para apoiar sua própria economia, escreveu o ex-conselheiro do Pentágono e coronel da reserva Douglas McGregor na rede social X (antigo Twitter) nesta terça-feira (17)

0
26

Sputnik Brasil – Diante uma economia fraca, rendimentos mais altos e preços mais baixos para os títulos do Tesouro Direto, o governo Biden realmente tem duas opçõesescreveu o coronel da reserva.

A primeira opção é “cortar as perdas dos EUA e dos aliados na Ucrânia, reduzir os gastos discricionários e concentrar-se em emergências domésticas na fronteira sul e nas maiores cidades dos EUA”, ressaltou Douglas McGregor.

Como segunda opção, McGregor sugeriu ironicamente um agravamento do conflito com Moscou.

“Façam a paz, idiotas!”, resumiu ele, dirigindo-se a Washington.

Anteriormente, o presidente russo Vladimir Putin disse em uma apresentação na sessão plenária do Clube Valdai que a interrupção no apoio dos EUA à Ucrânia se deveu a problemas orçamentários, mas que eles acabariam encontrando dinheiro e imprimindo mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui